O que é Omnichannel: significado e objetivo

O que é Omnichannel: significado e objetivo

Como vocês sabem tenho pesquisado sobre o marketing digital nas e para as instituições educacionais.  Em meio as pesquisas tenho esbarrado em termos, expressões e conceitos  pouco explorados no contexto da Educação e da Ciência da Informação. Um desses conceitos é o “omnichannel“.

Omni quer dizer “tudo, todo, total” e channel se refere à canal; neste caso, canal de comunicação.

Desse modo, nas leituras que tenho feito sobre o marketing digital percebi que grandes empresas, como a Amazon, Nike, dentre outras, utilizam os recursos omnichannel. Ou seja, seus consumidores são entendidos como omnichannel e precisam receber atendimento de forma coerente em todos os canais onde vincula seu produto, serviço ou marca.

A experiência do consumidos é o que mais importa e deve ser estimulante, relevante, ágil e consistente até levá-lo à ação de compra, seja no ambiente digital, seja no ambiente físico.

omnichannel

No contexto do Marketing Digital Educacional, a questão diante do conceito omnichannel  é como podemos considerar o consumidor capaz de transitar em canais de informação variados e ao mesmo tempo oferecer um serviço qualificado e coerente para sua experiência promissora nos canais da instituição?

Para saber mais sobre o conceito de omnichannel e acessar o PDF do mapa mental acesse: https://www.marketingeducacao.com.br/single-post/Omnichannel

Fique atento a esta discussão e compartilhe este artigo com um amigo da educação!

O que são Métricas e Web Analytics

O que são Métricas e Web Analytics

Para que servem as Métricas no MKT Digital

As métricas no contexto do marketing digital educacional servem para saber se o usuário está utilizando seu site, se o usuário está satisfeito, se resolve os problemas que se propõe, se está dando retorno e atrai novos usuários ou clientes.

Medir audiência, saber de onde ela vem e para onde ela vai são ações que antecedem o “bomm” das mídias sociais e do  marketing digital. Nos canais formais a principal fonte de medida é  IBOPE que tem medido ações de marketing em revistas, canais de televisão, rádio e jornais. As métricas trabalham com dados estatísticos que apontam situações, aspectos e tendências, dando direcionamentos para novas ações.

As métricas podem ser para:

  • Visibilidade
  • Influência
  • Engajamento.

O que são Web Analytics

No contexto atual, as métricas são tratadas no marketing digital como Web Analytics, que é o nome dado ao monitoramento, uso e análise do comportamento de visita, interações e buscas em sites e mídias sociais a partir da saída de dados estatísticos.

 

Como podemos usar as Web Analytics

Podemos utilizar as Web Analytics, como uma importante estratégia do marketing digital educacional, para verificar se um site, blog ou rede social está:

  • atraindo visitantes,
  • se existe taxa de conversão da rede social para o site,
  • se o design está proporcionando uma boa experiência ao usuário,
  • se as informações estão bem distribuídas e de fácil acesso,
  • se os usuários ou clientes encontram que procuram, e
  • se os investimentos que foram feitos estão dando retorno.

Em consequência do volume de informações e do trânsito de produtos e serviços de ordem variada na Internet, a Web Analytics tem desenvolvido métricas que exigem técnicas cada vez mais complexas. É exigido do profissional que cuida  destes casos técnicas de Search Engine Optimization (SEO). Porque as análises não recuperam somente dados brutos, e dependendo dos cruzamentos que podem ser elaborados, podemos recuperar relatórios executivos para estratégias de marketing digital alinhadas aos objetivos da instituição educacional ou negócio.

As métricas mais interessantes das Web Anlytics medem:

Métricas para marketing digital educacional

Métricas e Web Analytics Marketing Digital Educacional

  1. O DESIGN – exemplos: resolução de tela, tempo na página ou rede social;
  2. A REDAÇÃO – ex: tags, assuntos mais buscados, postagens mais comentadas;
  3. MARKETING – ex: frequências na página, taxas de retorno, captura de leeds, trafego;
  4. COMERCIAL – ex: dados demográficos, funil de conversão;
  5. TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO – ex: navegação.

 

 

Em resumo, estas análises quando bem feitas ajudam a otimizar o site, as postagens, a frequência e principalmente onde é necessário direcionar holofote do marketing digital, visando maior investimento em locais que estão realmente precisando.

Para concluir, as métricas otimizam o seu dinheiro para o marketing digital educacional!

Abraço,

Profa. Barbara Coelho