Campus Party 2017 BA – DIA 1: Abertura

Campus Party 2017 BA – DIA 1: Abertura

LOGO_Campus Party_Bahia_PROFA BARBARA COELHO

Fomos convidados à fazer a cobertura dessa grande comemoração que celebra a ciência e a tecnologia. Internet de 40G, bancadas de trabalho, nerds, shows, comics, […] tudo isso distribuído em espaços variados pelo estádio. Alias, é a primeira vez que uma Campus Party é realizada um estádio, segundo o organizador Tinoco Novaes.

Foto da Coletiva de Imprensa na Campus Party 2017 - Profa. Barbara Coelho

Coletiva de Imprensa na Campus Party 2017 – Profa. Barbara Coelho

A coletiva de impressa contou com a presença de autoridades nacionais, a exemplo do ministro de Ciência e Tecnologia e locais como o Secretário de C&T do Estado da Bahia. Esteve também presente a porta voz da FORD, o diretor geral, Tinoco Novaes, e o presidente do Instituto Campus Party.

A Campus Party traz nesta edição, como destaque, o empoderamento das mulheres negras a partir das TIC.

Francesco Farruggia

Após a coletiva de imprensa, fizemos um tour para conhecer todos os espaços e palcos distribuídos pela Arena, com as honras do diretor geral, que apresentou detalhadamente as atividades potenciais.

Foto de Lounge de Abertura da Campus Party 2017 - Profa. Barbara Coelho

Lounge de Abertura da Campus Party 2017 – Profa. Barbara Coelho

Os organizadores também destacaram a importância de se refletir sobre o uso das tecnologias pelas diferentes gerações e aproveitaram para chamar atenção de duas de suas principais conferencias nesta edição, o Capra e Dido Schnneider.

De 9 a 12 de agosto acontece a Campus Party realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador Bahia.

A campos conta com o palco Inovação, Ciência, Tecnologia, Entretenimento e o Palco Principal para as abrações internacionais. Acompanhe mais informações sobre nossa cobertura aqui no Inclusão e Cognição ou no Facebook: @grupodepesquisalti ; @marketingdigitaleducacao

Vídeo da Cerimonia de Abertura e Tour na Campus Party 2017 BA – DIA 1:

Um abraço e até amanhã!

Barbara Coelho

Anúncios

[INFOGRÁFICO] 3 Considerações da Mediação para o Uso das TIC

Conceitos como os de mediação, zona de desenvolvimento proximal (ZDP) e interacionismo são recuperados, na atualidade, para explicar e defender a perspectiva de desenvolvimento sócio-interacionista por intermédio das tecnologias.

O lado cognitivo em destaque na intermediação com as TIC

A partir do entendimento do pensamento social e da construção social da mente,  reflexões como as do Vigotski podem ser relevantes para justificar e valorizar a mediação humana nos contextos que envolvem sujeitos com a recuperação da informação, ensino-aprendizagem e processos cognitivos.

No contexto do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), o entendimento de como se desenrola a ZDP parece viável por fazer referência a aspectos cognitivos, como construção do conhecimento e aprendizado, que exaltam a interação social e participativa entre sujeitos em aprendizagem com outros mais capazes. Este processo interativo favorece o aprendizado de ações diversificadas nas TIC.

A ZDP esta relacionada com aquelas funções que ainda não amadureceram, mas que estão em processo de maturação para o desenvolvimento do indivíduo.

Vigotski (2007)

Com base nesses aspectos desenvolvi este Infográfico intitulado 3 Motivos para considerar a mediação no uso das TIC, a partir de alguns dos pontos mais relevantes sobre esse assunto e que são discutidos no livro que lancei recentemente Tecnologia e Mediação: uma abordagem cognitiva da inclusão digital.

INFOGRÁFICO QUE TRATA DE TIC E MEDIAÇÃO

INFOGRAFICO_TIC E MEDIAÇÃO-2_Barbara Coelho

E então, você tem pensado nisso, ou seja nos processo cognitivos que você emerge quando interage com pessoas e máquinas?  E quando interagem com pessoas por meio delas?  Você se sente preparado para ajudar alguém que precisa de ajuda com as TIC?

Veja outros infográficos clicando aqui.

Deixe seu recado!

Um abraço, Barbara Coelho.

 

Lançamento do livro Tecnologia e Mediação em Aracaju

No dia 19 de junho, às 18:00, será o lançamento do nosso livro Tecnologia e Mediação. Na ocasião teremos palestra do prof. Methanias Jr. sobre Big Data. Faça sua inscrição no SIGAA da UFS para receber o certificado de participação no evento. Quem convida é o mascote do LTI, Sr. Boquinha!

Lançamento-Aracaju-Livro-Tecnologia e mediação e Mesa Redonda sobre Big data.

Lançamento-Aracaju-Livro-Tecnologia e mediação e Mesa Redonda sobre Big data.

 

8 Sinais para Avaliar suas Habilidades Interpessoais nas Mídias Sociais

Com base no best-seller de Dan Schawbel, criei este instrumento com o intuito de promover uma autoavaliação do nosso comportamento nas redes sociais digitais.

Existem instrumentos científicos e mais aprofundados a respeito (é claro), a exemplo do Meyers Briggs. Nesse artigo, a ideia é chamar atenção de forma rápida e fácil para sua habilidade interpessoal nas mídias sociais.

Cuidar das habilidades interpessoais não é uma ação restrita ao contexto presencial, e sim também do ambiente digital. Esse aspecto é essencial para o marketing digital.

Avalie suas Habilidades Interpessoais nas Mídias Sociais

Vamos fazer!

Seja sincero e sincera quando classificar os pontos de cada item a seguir:

figura mostra os pontos para fazer a autoavaliação interpessoal nas mídias sociais

Fonte: Barbara Coelho

 

 

Após somar o resultado, compare sua pontuação da seguinte forma:

  • Se teve mais de 45 pontos totais, você está muito bem nas redes sociais. Deve ter muitos amigos e se comunicar bastante, considerando aspectos éticos, escuta com atenção, demonstra reciprocidade e engajamento, responde os comentários, etc. Ou seja, entende que esses ambientes são locais dialógicos, de interação social e de trocas simbólicas.
  • Se seu total ficou entre 45 e 30 pontos totais, você deve encarar as mídias sociais de forma mais leve. Evite tantos pontos de vista. Procure escutar seus interlocutores, respeite as opiniões que transitam no ciberespaço (mesmo quando não concorda). Você tem um potencial interessante para negociar utilizando suas redes sociais nas mídias sociais digitais de sua escolha, só basta participar, ter um plano que otimize o seu tempo quando estiver conectado de forma ativa e observar mais.
  • Se você ficou abaixo de 30 pontos totais, então está na hora de acordar. A internet e as mídias sociais não são uma modinha. Trata-se do locus atual da humanidade. Então você precisa participar de forma consciente, pois você na mídia social não é diferente de você nos outros espaços de convívio social.

E ai, o que você achou?

Faça o seu teste e recomende aos seus amigos. Vale a pena saber como estamos nos portando na mídia social.

Deixe seu comentário; Se você disser quantos pontos fez eu falo os meus.

Um abraço,

Barbara Coelho

Mídias sociais digitais: potencializadoras das redes sociais nas bibliotecas

Mídias sociais digitais: potencializadoras das redes sociais nas bibliotecas

O que são Redes

Redes são estruturas abertas capazes de se expandir de forma ilimitada, integrando novos ‘nós’ desde que consigam se comunicar dentro da rede, ou seja, desde que compartilhem os mesmos códigos de comunicação. (CASTELL, 1999). A criação da World Wide Web, também conhecida como Web ou WWW ocorreu no dia 12 de março de 1989, por Tim Berners-Lee.

Redes sociais como potencial para Biblioteca

Redes sociais

As redes sociais são caracterizadas como conexões entre indivíduos que compartilham informações, independente de localização geográfica e física. O ser humano, naturalmente, vai criando suas redes sociais durante a vida. Essas redes são de diversos tipos, mas que compartilham informações gerando trocas sociais que fortalecem essas estruturas (RECUERO, 2009).

 

Potencial de Redes Sociais nas Bibliotecas

Vale salientar que o conceito ‘social’ sempre será mais relevante que o de ‘mídia’. As plataformas – como o Facebook, o YouTube, o Snapchat, o Instagram, Pinterest, Linkedin e o Twitter, assim como os wikis, microblogs, podcasts, dentre outros –, potencializam a dinâmica entre os vínculos, entretanto não conseguem elas, por si só, provocá-las (BARGER, 2013).

Redes sociais na Biblioteca, TIC para Bibliotecários e educadores

Redes sociais na Biblioteca

Este é um ponto que interessa e sustenta o argumento da discussão sobre o uso das redes sociais pelas bibliotecas, pois o fortalecimento da dinâmica das relações poderão acontecer quando implementadas estratégias do líder da unidade de informação de forma consciente, ativa, coerente e proposital. A dinâmica de mão dupla é o aspecto mais importante das mídias sociais digitais. Isso precisa estar claro na mente do seu organizador, caso haja intenção de promover um determinado produto ou serviço.

Neste contexto, o bibliotecário estrategista em mídias sociais digitais precisa ter este princípio de forma nítida em seu objetivo e planos de ação que visam apresentar, nestes ambientes, produtos, recursos e serviços da unidade de informação.

Livro Tecnologia e Mediação

Livro Tecnologia e Mediação

É com grande alegria que divulgamos o livro Tecnologia e Mediação: uma abordagem cognitiva da inclusão digital.

TECNOLOGIA E MEDIAÇÃO: uma abordagem cognitiva da inclusão digital

TECNOLOGIA E MEDIAÇÃO:
uma abordagem cognitiva da inclusão digital

Prefácio do Dr. Emir Suaiden

O livro tem a proposta de de discutir a inclusão digital a partir da mediação, considerando questões educacionais, políticos, sociais e da infraestrutura física e digital sobre a inclusão digital.

Para adquirir este livro acesse: O site da Editora CRV

 

 

 

 

E-book do Ist CONCITEC disponível na Amazon

Como você está hoje? Eu estou feliz em disponibilizar o e-book do Ist CONCITEC na

figura_amazon1_tecmundo

Fonte da Imagem: Tecmundo

plataforma da Amazon. Essa foi a maneira que achamos que dará maior alcance aos nossos trabalhos. Este e-book tem ISSN (2525-9717) e você já pode anotar e colocar no seu Curriculo Lattes.

Ajude a divulgar, este é o link para a plataforma do nosso E-book: https://www.amazon.com.br/dp/B01MT3VPNU. Salve o PDF na Integra em seu dispositivo ou leia de forma gratuita usando um dos App disponíveis na plataforma da Amazon.

concitec_e-book_barbara-coelho

PDF – anais-do-i-concitec_completo

Link para o e-book na Amazon – https://www.amazon.com.br/dp/B01MT3VPNU

Deixe o seu comentário! queremos saber o que você achou do evento? Deixe sua opinião sobre a publicação na plataforma da Amazon. O que você achou disso?